Publicidade

Acesso Restrito

História de Cordeirópolis



A partir de 1817 o governo de São Paulo começa a reconhecer as posses das propriedades rurais, antes da fundação da cidade, a área que pertencente hoje ao município era composta por várias destas propriedades.

Nesse mesmo período a cultura da cana-de-açúcar dava lugar ao café, devido ao elevado valor do transporte, que até o momento era feito por burros. Houve a união de alguns fazendeiros para financiar a construção de uma estrada de ferro, visando facilitar o transporte e diminuir os custos, foi nesse momento que surgiu a Companhia Paulista de Estradas de Ferro. Em 1876 foi inaugurado o trecho entre Campinas - Rio Claro.

O fazendeiro Manoel Barbosa Guimarães, loteou uma área que deu início ao surgimento da cidade, provavelmente em 1885, que recebeu o nome de Santo Antônio do Cordeiro.

A produção de várias culturas agrícolas de exportação vinculada ao pequeno comércio, foi determinante para o surgimento da povoação em distrito de paz, em 1899, autorizado pela lei Estadual n 645, de 7 de agosto de 1899.

Em 1943 foi realizado um plebiscito no qual modificou o nome do distrito, que passou a chamar Cordeirópolis por decreto em 30 de novembro de 1944.

A criação de um pequeno parque industrial e a produção de seda gerou desenvolvimento, que resultou na emancipação da cidade concedida em 24 de dezembro de 1948, mais tarde a atividade de produção de seda foi substituída pelo ramo de produção de cerâmicas.

Cordeirópolis atrai anualmente um grande número de visitantes que são atraídos pelas festas tradicionais como a festa de Santo Antônio em junho e de Nossa Senhora em outubro.

Cordeirópolis - São Paulo - Cidades Brasileiras

Participação: Nenhum comentário

Avaliação:

  • Atualmente /5

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de São Paulo



Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2017 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução comercial sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).